5.0

Lazer

Dicas para viajar com o seu amor para Praga...

Praga

Já pensou em ir para a República Tcheca?

Se não passou pela cabeça, comece a pensar com carinho então, principalmente em ir para a sua capital: Praga!

Praga (em checo: Praha) é a capital e a maior cidade da República Tcheca, situada na margem do Vltava (não consigo nem pronunciar, aliás como a maioria das palavras que vi nesta magnífica cidade!). A moeda é estranha e as pessoas também, mas te juro que vale a pena visitar, principalmente em casal, porque achei tudo muito romântico e pitoresco. Artistas, músicos, artesãos, cantores estão por toda a parte e embelezam as ruas e praças.

Conhecida como "cidade das cem cúpulas", Praga é um dos mais belos e antigos centros urbanos da Europa. Numerosos monumentos juntam-se à paisagem urbana da capital, lindas ruelas irregulares contrastam com os novos bairros residenciais de arquitetura moderna. As partes históricas da cidade são preservadas como monumentos nacionais.

O curso sinuoso do rio através da cidade, cheia de belas e antigas pontes, contrasta com a presença do grande Castelo de Praga em Hradcanv (de novo, desencana de pronunciar). Lá mora o Presidente da República.

Em 1848, levaram a vitória do nacionalismo tcheco contra a dominação austríaca e Praga tornou-se, em 1918, a capital da nova e independente república da Checoslováquia. Em 31 de dezembro de 1992, com a dissolução dos laços que uniam tchecos e eslovacos numa federação única, Praga deixou de ser a capital da Checoslováquia e passou a ser capital da República Tcheca. (fonte: Wikipedia)

A Ponte Carlos é a ponte mais velha da cidade, e atravessa o rio Moldava da Cidade Velha até a Cidade Pequena. Sua construção começou em 1357 e acabou no século XV. Ela tem uma longitude de 516 metros, sua largura é quase 10 metros, e se encontra apoiada em 16 arcos. Está protegida por 3 torres distribuídas entre seus dois lados e decorada por 30 estátuas. É pra ficar boquiaberto!

A maioria das estátuas foram construídas entre 1683 e 1714 e são em estilo barroco, representam vários santos e patronos venerados naquela época. A primeira foi de San Juan Nepomuceno, que foi jogado ao rio em 1393 sob as ordens de Venceslau IV e no século XVIII foi santificado. No ponto da água onde San Juan Nepomuceno foi jogado ao rio está a sua estátua. Diz a lenda que quem pedir um desejo, colocando a mão esquerda em representação do seu martírio (na base da estátua), este será concedido. Eu fui lá e fiz meu pedido!

Muitas pessoas são atraídas pela estatueta do Menino Jesus de Praga, conhecido em todo o mundo por Bambino de Praga, a qual se encontra desde 1628, num armário pequenino de prata, no altar lateral do lado direito. Não fui lá porque tinha bastante fila.

A cidade é um encanto à noite. Muitos restaurantes ficam à luz de velas para receberem casais. As feiras noturnas são super charmosas, adorei todos os detalhes!

Conhecer esta cidade foi sem dúvida um privilégio enorme!

Adele Fazioli


Adele Fazioli

Executiva de contas

Formada em Publicidade e Propaganda e Autora do blog Mãe de Três Também tem vez. Vem comigo que no caminho eu te explico!

Site: www.maedetrestambemtemvez.com.br