5.0

Terapias alternativas

A sabedoria que vem da interiorização

A sabedoria que vem da interiorização

Toda pausa vale ser vivida sozinha. O intervalo do café, o momento de oração, uma caminhada, o intervalo entre a troca de e-mails, aqueles segundos que precedem o sono ou depois do despertar. Se o ato de pensar é soberano, exclusivo aos seres humanos, muitos estão abrindo mão desse poder...

Uma pena. Falamos, ouvimos, respondemos, sequer prestamos atenção, pois o ruído nos cerca o tempo todo. Assim, não há como nos reconhecermos nessa multidão...

O silêncio é precioso, mas se alguns têm o privilégio de imergir na meditação reveladora, praticante que sou tenho consciência que a maioria das pessoas não conhece, ou consegue dominar, essa técnica. É preciso paciência, perseverança e muitas vezes ajuda externa.

Mas a reflexão não é exclusiva de quem medita. Muito pelo contrário. Somos capazes de conversar com nós mesmos o tempo todo. Para acessarmos a nossa mente, basta querermos.

Precisamos encontrar brechas dentro da nossa rotina para vivenciar momentos para reflexão. Momentos de quietude que não são passivos, muito pelo contrário. Quando paramos para pensar em nós mesmos, abrimos as nossas mentes...

Ao nos interiorizarmos, acessamos a nossa essência e vivenciamos a reflexão, indispensável para o autoconhecimento e a busca da sabedoria. As respostas estão dentro de nós e nos revela os mistérios do ser.

Se vocês me perguntarem qual a importância da interiorização na vida de uma pessoa, eu responderei: Toda! Assim, poderemos mudar o rumo da nossa história.

O medo "enfeiece", e a insegurança limita. Já o autoconhecimento rejuvenesce e a tomada de consciência liberta. Pare, escute, reflita e aprenda consigo mesmo.

Lembrem-se: o renascimento é sutil e precioso.

Nelma Rosa Bittencourt


Nelma Rosa

Terapeuta de Vidas Passadas

Psicoterapeuta formada pela Faculdade de Psicologia da Universidade de São Paulo e pós-graduada em medicina chinesa pela Unifesp/EPM (Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina).
Com 30 anos de experiência, atuou como psicóloga hospitalar no Hospital das Clínicas da FMUSP, mas priorizou a sua atuação em consultório. 

Contato: (11) 96334.9119  |  Skype: Nelma Rosa Bittencourt  |  E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.   |  Facebook: Nelma rosa Bittencourt   |  Instagram: nelmarosabittencourt