5.0

Terapias alternativas

É preciso soltar as amarras do Sistema e libertar a essência do Ser

Prisão Interior

Amigos, bom estar de volta depois de um período de reflexão. Para mim, este espaço no site 5.0 é muito mais do que uma coluna, é o meu compromisso com vocês e comigo mesma, rumo a plenitude da nossa condição de ser humano.

Eu reflito muito antes de abordar um novo tema, pois a minha missão é identificar fenômenos que cerceiam a nossa existência, buscar soluções que possam ser praticadas e, juntos, expandir os limites físicos e ampliar a liberdade espiritual.

Vivemos um momento difícil, quando o Sistema parece nos aprisionar. Não em cárceres reais, mas numa prisão ainda mais limitante: nós mesmos.

A sociedade tornou-se refém de um regime que tolhe a liberdade do ser humano. Se não a liberdade física, a mental, psicológica, emocional. Consequentemente, perdemos a capacidade de fazer, de reagir, se posicionar, vibrar, rir, sentir. Esse ensimesmar-se (voltar-se para dentro de si mesmo) nos faz retraídos. Consequentemente, presos a nós mesmos, não conseguimos nos abrir ao outro.

Esse fenômeno que vivenciamos, atualmente, é muito mais perigoso e solitário do que a prisão real. Afinal, o homem preso pela Lei sonha com a liberdade...

Não podemos nunca esquecer que a morada do nosso Ser habita dentro de nós mesmos e para que a nossa essência se manifeste precisamos estar prontos para isso, através do autoconhecimento. Só assim poderemos praticar e compartilhar o Amor.

Lembre-se que aprendemos diariamente, pois a vida ensina a partir da convivência com o outro. Quando estamos contrativos não conseguimos interagir e, automaticamente, o outro também não e o outro e o outro, num círculo destrutivo. É o "inconscientemente" coletivo agindo de forma nada positiva!

Assim, a nossa Divindade não consegue se manifestar. Quando nos fechamos, a nossa energia se esvai, a nossa Luz não consegue brilhar, o nosso cardíaco se fecha e com o coração fechado, viramos mais um. Seremos mais uma peça funcional, que reage como manda o sistema. 

Os problemas que vivenciamos, acreditem, na verdade são oportunidades. São eles que nos abrem novas portas... Mas esse é o assunto da próxima semana!

Nelma Rosa Bittencourt


Nelma Rosa

Terapeuta de Vidas Passadas

Psicoterapeuta formada pela Faculdade de Psicologia da Universidade de São Paulo e pós-graduada em medicina chinesa pela Unifesp/EPM (Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina).
Com 30 anos de experiência, atuou como psicóloga hospitalar no Hospital das Clínicas da FMUSP, mas priorizou a sua atuação em consultório. 

Contato: (11) 96334.9119  |  Skype: Nelma Rosa Bittencourt  |  E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.   |  Facebook: Nelma rosa Bittencourt   |  Instagram: nelmarosabittencourt